Open Finance

Open Finance: A evolução da inovação

O Open Banking, discutido desde 2018 pelo Banco Central, foi criado para permitir um compartilhamento de dados de usuários entre bancos e fintechs. O modelo, implantando no Reino Unido inicialmente, surgiu como uma grande evolução do sistema financeiro e da percepção de quem de fato deve ter o controle dos dados.

Com o entendimento e a estruturação de uma arquitetura onde o consumidor tem o total controle de quais dados serão compartilhados com quais instituições, de forma transparente e buscando produtos com mais vantagens para si, o Banco Central do Brasil anunciou a abrangência do conceito, passando de Open Banking para Open Finance.

O Open Finance pode ser visto então como uma evolução do Open Banking. Um sistema inicialmente pensado para um relacionamento mais aberto e vantajoso entre consumidores, fintechs e bancos, passa a expandir todo o sistema financeiro, como plataformas de investimento, corretoras de seguros, companhias de câmbio, fundos de pensão e fundos de previdência.

Iniciada em fevereiro de 2021, a implantação desse sistema tem previsão para ser finalizada até dezembro do mesmo ano.

A abertura do sistema financeiro vai permitir que o consumidor compare produtos e serviços de diferentes instituições, e que faça o tráfego dos seus dados e do seu histórico para onde preferir. Hoje, com o controle dessas informações limitado à instituição em que o usuário mantém relacionamento, faz com que essa mesma instituição tenha vantagens em detrimento das demais, pois ela tem a possibilidade de oferecer produtos e serviços mais aderentes ao perfil do cliente e com mais vantagens de acordo com o seu histórico.

Com a possibilidade de compartilhamento, outras instituições terão acesso a essas mesmas informações, caso o consumidor permita, e poderão também ofertar produtos e serviços aderentes com o perfil e histórico de cada cliente, possibilitando assim uma melhor comparação por parte do usuário e maiores oportunidades de negócios para as instituições, que com o novo conceito de Open Finance, podem ser de qualquer nicho do sistema financeiro nacional.