oneapi

OneAPI, uma revolução no mercado de tecnologia

Uma API, como mencionada em um outro conteúdo aqui do Blog, se constitui em uma interface de comunicação entre aplicações ou componentes. Em dezembro deste ano a Intel liberou uma versão do seu novo conceito na área, a oneAPI, que oferece ao mercado uma base e uma biblioteca de programação abertas.

De forma simples, hoje, ao desenvolver uma solução de tecnologia o programador precisa escolher um sistema e uma base para iniciar a programação e se necessário for, dependendo do objetivo e aplicação, é necessário fazer isso para cada software. O conceito de oneAPI muda isso. Em uma mesma base o programador poderá se aproveitar das eficiências de inúmeros aceleradores, pois a nova tecnologia Intel disponibiliza essa flexibilidade.

Em 2017, Alessandro Faria, CTIO da Oiti, foi escolhido para avaliar um outro processador gráfico de alta performance, resultado de uma parceria entre IBM e Nvidia, desenvolvedora de placas de vídeo que ganharam notoriedade primeiramente com jogos 3D. Com essa parceria, as placas gráficas conseguiam processar imagens com grande velocidade e eficiência, permitindo que soluções de prova de vida por exemplo fossem capazes de identificar o que de fato seriam imagens de pessoas captadas instantaneamente ou se seriam fotos ou vídeos. Um passo já adiante do mercado na época para esse tipo de solução.

Com o avanço dessa tecnologia desenvolvida, a Intel, líder de mercado em máquinas sem Inteligência Artificial iniciou sua conquista no setor de IA. Em dezembro fez a aquisição da Habana Labs, uma empresa de inteligência artificial de Israel, além de ter consolidado uma parceria com o serviço de nuvem da Amazon (AWS). Nessa corrida de desenvolvimento de tecnologias adeptas à IA, a oneAPI se mostrou revolucionária. Além da diminuição de tempo necessário às adaptações das soluções aos diferentes softwares e aceleradores, a oneAPI permite usar com maior eficiência os recursos dos processadores Intel, que no mercado hoje estão em maior número.

Maior agilidade, maior adaptabilidade e sem nenhum custo adicional ao cliente, com a mesma quantidade de máquinas por exemplo, as soluções à base de oneAPI poderão processar uma quantidade maior de informações. A partir da liberação da Intel dessa nova tecnologia em dezembro, os profissionais do mercado começarão a se preparar para adaptar suas soluções à novidade. Porém, como parte do grupo de Inovators Intel, nosso CTIO, Alessandro Faria foi convidado para estudar essa tecnologia há 1 ano e identificou nela o futuro do mercado, dessa forma já adaptou a solução de liveness do Certiface ID, sendo novamente pioneiro e referência em inovações tecnológicas.

“Explorar as rotinas matemáticas otimizadas e recursos das primitivas integradas de desenvolvimento Intel, proporcionará ao mercado o poder de aumentar a inteligência nos computadores de borda, o que resultará em ganhos de desempenho e redução de custo computacional no processamento.” Citou Alessandro Faria. Ao todo são 13.000 Inovators Intel, dos quais 46 obtiveram certificação internacional da nova tecnologia, e o nosso CTIO conquistou o prêmio mundial Intel Innovator com a nossa solução. Essa é a Oiti, sempre a frente do mercado e levando aos nossos clientes as melhores soluções.