Modelo Preditivo

Modelo preditivo: Quais os seus benefícios?

Um modelo preditivo se consiste em uma metodologia que, a partir da análise de dados, através de funções matemáticas, ferramentas e tecnologia (Big Data, Machine Learning, IA), permite à empresa avaliar padrões, realizar previsões, ou ainda, verificar comportamentos e saídas mais adequadas para uma situação.

Também chamado de análise preditiva, a metodologia pode ser aplicada de duas formas: a supervisionada e a não supervisionada.

No modelo preditivo supervisionado, insere-se dados de entrada e saída ao mesmo tempo na ferramenta de análise, e é feita uma relação entre essas informações, identificando o nível de acerto da fórmula adotada para a análise. Se a taxa for alta, esse cálculo é adotado e torna-se um padrão. Um exemplo de uso é na identificação de clientes propensos a comprar o produto B depois de adquirirem o A com base em experiências anteriores.

Já no não supervisionado, a ferramenta recebe apenas dados de entrada e deve identificar padrões existentes tentando estabelecer padrões de respostas para o futuro.

Para que o método seja feito de forma consistente e apresente os resultados esperados é necessário passar pelos seguintes passos:

  • Definição do problema;
  • Busca de dados;
  • Estruturação dos dados;
  • Processamento dos dados;
  • Monitoramento contínuo.

Com o surgimento no mercado de diversas ferramentas e softwares com essa finalidade, o modelo preditivo não é mais uma exclusividade de matemáticos e estatísticos e traz benefícios para diversas áreas da empresa, de diferentes formas, tais como:

  • Detecção de fraudes;
  • Avaliação de crédito;
  • Planejamento de campanhas de marketing;
  • Análise de RH;
  • Otimização de processos;
  • Melhoria na gestão de clientes;
  • Otimização de recursos;
  • Aumento de vendas;
  • Criação de estratégias de mercado;
  • Melhoria na gerência de oferta e demanda;
  • Percepção de oportunidades possíveis para o negócio;
  • Diminuição de risco;
  • Aumento no ROI.