Mulher fazendo reconhecimento facial

Reconhecimento facial: Tecnologia para os novos hábitos

Ao longo dos anos se tornou cada vez mais comum o uso da digital ou até mesmo de uma senha para ter acesso aos espaços residenciais ou profissionais. Porém, na atual conjuntura, onde o contato físico entre pessoas e objetos compartilhados é evitado ao máximo, já que a sobrevida do vírus em superfícies pode durar de horas a dias, outras formas de acesso começam a ser mais discutidas, como o reconhecimento facial.

Além da adaptação nas rotinas diárias da população, como a forma de acesso aos ambientes, a tecnologia de reconhecimento facial está sendo utilizada de forma ativa para ajudar no combate ao novo coronavírus. Hospitais em São Paulo estão adotando um sistema para medir automaticamente e à distância a temperatura das pessoas, essa tecnologia é uma combinação do reconhecimento facial à câmeras termográficas, uma solução já utilizada em países como a Tailândia.

Na China, onde a inovação e formas de monitoramento são aplicadas de forma massiva, 83% da população aponta o reconhecimento facial como recurso positivo para aumentar a sensação de segurança. A aceitação se reflete nos números, em pesquisa apresentada da empresa de inteligência de mercado Component, o setor de reconhecimento facial deve crescer de US$ 3,9 bilhões em 2019 para US$ 7 bilhões em 2024.

No Brasil, porém, até o final de 2019, havia apenas 37 cidades com uso da tecnologia de reconhecimento facial, sendo mais da metade tendo sido implementada entre 2018 e 2019, ou seja, uma tecnologia que vinha tomando força de mercado recentemente, apesar de já ser uma realidade mais comum em outros países. Sobre o assunto, especialistas afirmam, no entanto, que em um mês, o setor de transformações digitais se desenvolveu mais do que em anos, o que na atual circunstância se torna necessária, já que quase a totalidade do contato dos usuários com as empresas hoje devem ser de forma digital, e o reconhecimento facial se torna uma forma de levar uma experiência segura ao usuário e com o mínimo de fricção.

 

A Oiti desenvolve soluções com a biometria facial com foco na praticidade do dia a dia do usuário e melhora de processos das empresas. Com a menor fricção do mercado, toda a nossa experiência e sistema está de acordo com a LGPD. Conheça o que podemos fazer por você.